quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

E na outra noite, ele falou assim:

.

Chegamos ao mais interior
do interior do bosque onde
ninguém
ninguém verá
oque viemos fazer...

Trouxemos a flor da Plumagem
a flor do Chumchum, a flor
de jasmim, a flor de...

Novas as largas fitas que atam
as nossas cabeleiras
para toucar-nos com a flor de nenúfar.
Agora estamos no coração do bosque
junto à poça da rocha.

Cantarei para ti!...
Deitai foras as roupas,
Ficai como vieste aomundo,
Cantarei para ti...


[citando, Livro dos Cantares de Dbitbalchè, cantar 7]


Depois, ele cantou pra eu dormir:
http://www.youtube.com/watch?v=jU1frEOCD7c&feature=related


Toquinho e Jorge Benjor cantam, Que Maravilha


*

2 comentários:

renata carneiro disse...

que maravilha, be!

m.sunshine disse...

a fotografia está qualquer coisa de extraordinário.