sábado, 1 de maio de 2010

E na outra noite, ele falou assim...

.

Nada mais vai nos interromper,
Pode esconder os lábios
Que dou a volta no quarteirão.
Nada mais vai nos interromper,
Sua timidez, minha coragem,
As esmolas dos pombos.
Nada mais vai nos interromper,
Pode envelhecer
Que eu cedo o meu lugar,
Cedo minha vida pelo
Teu lugar.
Nada mais vai nos interromper,
Mesmo que não seja a hora
Mesmo que a gente tenha
Nascido para ficar longe,
Mesmo assim,
Nada mais vai nos interromper...

[citando, Fabricio Carpinejar]


Depois, ele cantou pra eu dormir:
http://www.youtube.com/watch?v=qYTAEBy8xyc


Erasmo Carlos e Chico Buarque cantam, OLHA.

*

Um comentário: