terça-feira, 1 de novembro de 2011

E na outra noite, ele falou assim...

.

Tua chuva
Serenar beijos ao meu corpo
Meu calor sol
Aquecer pele e pêlos
Arrepios e desejos
A natureza a nós, há sóis

Teu portão
Meu porto
Ancorar
Hastear vela
Aromas do mar
Saliva das ondas
Cordas, mastro e timão
Ponto no mapa
Certa rota és

Teu corpo caju
Da pele o sumo provar
Castanha em chamas
Desejo.
Doce suco teu sabor
Minhas mãos e lábios
Molhados.
Lambuzar doces teus
Gostos meus a sentir

[citando JJr do blog abaixo]
http://jasonjrcajazeir.blogspot.com/


Depois, ele cantou pra eu dormir:




Paulinho Moska canta, SONETO DO TEU CORPO


*

10 comentários:

thiê disse...

que saudade disso tudo aqui, depois de quase um ano me sinto em casa de novo.

JasonJr. disse...

Ficou lindo demais, (nem parece que fui eu que escrevi)! :P kKk
E a trilha nem vou comentar né minha querida!!!

Luana Natália disse...

Intenso.

Vicky. disse...

Adoro esse blog

Esculpindo Ilusões disse...

Obrigada pela visita no meu Blog. Estou te seguindo.
Beijusss

Esculpindo Ilusões disse...

Que lindo....
Abraços

Rick disse...

Muito bonito. Profundo.
Bjws, até breve.

http://semguarda-chuvas.blogspot.com.br/

José María Souza Costa disse...


Vim cá, lê o seu blogue. Eu, tenho um. Muito simples, sem cores e sem nuances. Estou lhe convidando a visitar-me, e se possível, Seguirmos juntos por eles. Estarei lhe esperando lá, afinal o que importa é a Amizade que fazemos e as publicações que expomos.
Eu te Convido a vir aqui



www.josemariacosta.com

Ponto de paz disse...

Encantador!

Esculpindo Ilusões disse...



Feliz Natal!