sábado, 9 de janeiro de 2010

E na outra noite, ele falou assim:


Vejo-te tão bela
neste momento
em que queres
ser sonhada
não amada.

Palavras tuas.

Concordo.

Sonhando-te
não sofro.
Amando-te, sim.


[citando, Neide Archanjo]


Depois, ele cantou pra eu dormir...
http://www.youtube.com/watch?v=e8UMXrEVcds

Seu Jorge canta, Teu Olhar

*

2 comentários:

Lucas disse...

Amar às vezes dói, pois há esperança no amor. Há um desejo sincero de felicidade.

Emili disse...

Muito lindo!
Ótima música tbem!