sábado, 29 de maio de 2010

E na outra noite, ele falou assim...



Amantes, que vos bastais, qual nosso segredo?
Há contato entre vós. Teríeis provas?
Às vezes, minhas mãos se reconhecem ou
Meu rosto gasto nelas tenta se abrigar.
Isso me dá uma certa consciência de mim
mesmo.

Quem, no entanto, por tão pouco ousaria ser?
Mas vós, acrescidos no êxtase um do outro,
_ até que exausto, um suplique: - Basta!
Vós, cujas mãos descobrem a riqueza dos anos
de vinho, e que vos dissolveis para que o outro
domine, pegunto-vos:

Qual nosso segredo? Eu sei, bem-aventurado
é vosso contato, pois as carícias, sutilmente
protegem, retêm a duração pura;
E o amplexo, não vos promete quase a
e t e r n i d a d e ?

Quando resistis ao sobressalto dos primeiros
Olhares, à ansiosa espera à janela,
Ou quando ultrapassais o primeiro passeio,
Juntos, num jardim:
Amantes, sois vós ainda?


[citando, Rainer Maria Rilke]



Depois, ele cantou pra eu dormir:
http://www.youtube.com/watch?v=Psv7hA-M5jA&feature=related



Paula Toller e Donavon Frankenreiter cantam, ALL OVER


*

2 comentários:

Leni disse...

linda música, lindo tudo aqui!
beijos

yayar. disse...

sim, tudo lindo *-* muito criativo o nome e o subtítulo do blog. Parabens *-* /Seguindo